Saltar para o conteúdo

Notas e Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

Comentários (6)

Meu Nome é Anonymous | terça-feira, 15 de Outubro de 2019 - 20:00

15/10/2019 - Terça feira
Só estou escrevendo este comentário como registro histórico quando "Coringa" entrou para história nas listas dos grandes filmes de todos tempos. No IMDB na 12ª posição (https://www.imdb.com/chart/top?ref_=nv_mv_250) e até no próprio Cineplayers tanto TOP 100 CINEPLAYERS (na 49ª posição) e quanto
TOP 300 USUÁRIOS (na 58ª posição).

PS: outras obras primas de 2019 que também entraram nestas listas são: Ad Astra do James Gray (na 77° no TOP 100 CINEPLAYERS) e Parasite do Joon-ho Bong (na 59° no TOP 300 USUÁRIOS).

Júlio César Filho | sábado, 19 de Outubro de 2019 - 17:48

Jared Leto ficou tão puto com o projeto do Coringa de Todd Phillips q usou toda sua influência para tentar matar o filme no alto escalão da Warner. O estúdio, por sua vez, deu sinal verde pra produção, mas com orçamento baixo de US$ 55 milhões, esperando fazer Phillips desistir.

Josiel Oliveira | sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019 - 18:56

Cara.. assisti ontem (sem querer) O Mestre do Paul Thomas Anderson, e vou falar: é impressionante como ele se relaciona com o Coringa, não só na construção do personagem pelo Joaquim Phoenix, mas como construção do personagem e de roteiro mesmo. Diria que é uma influência nível quase Taxi Driver e Rei da Comédia. Fiquei impressionado como tinha tantos elementos do Coringa ali. rsrs

CitizenKadu | sábado, 07 de Dezembro de 2019 - 12:34

Joaquin Phoenix foi sempre um gênio da atuação mal compreendido; ele é o que o irmão dele seria se não tivesse morrido cedo.

CitizenKadu | domingo, 08 de Dezembro de 2019 - 00:27

E quando eu digo mal compreendido eu digo subestimado.Depois de "O Mestre" mais ou menos é que ele começou a ser visto como um cara genial, antes ele já era genial(sei que teve os Oscars)mas era rotulado apenas como um "ótimo ator", e ele transcende a diferença entre o personagem e o Joaquin, como todos os mestres; no caso do Joaquin, pela seleta escolha dos projetos, isso acontece numa constância inacreditável.

Carlos Eduardo | domingo, 08 de Dezembro de 2019 - 02:25

Desde Gladiador já dava pra perceber que era diferenciado. E as parcerias dele com James Gray e Paul Thomas Anderson refinaram o que já era muito bom até ele atingir o ápice em Coringa. Também gosto muito da performance dele em Reservation Road, melhor coisa do filme.

Araquem da Rocha | domingo, 08 de Dezembro de 2019 - 02:35

No festival de Toronto, ele dedicou sua carreira a seu irmão falecido, e disse que foi por causa dele que, "atuar me deu uma vida incrível."
Phoenix é muito fera, e também fico impressionado, como escolhe seus personagens de forma tão particular e notável.

CitizenKadu | domingo, 08 de Dezembro de 2019 - 07:17

Eu vi isso Araquem. Se alguém aqui não conhece o trabalho do River eu vou indicar dois filmes:
' - "Stand by Me" - mostra um personagem prestes a ser violento quando adulto devido à angústia, é cheio de nunaces para a idade que ele tinha.

-"Running on Empty" do Sidney Lumet - é como James Dean; já que Stand By Me foi um clássico que quase todo mundo viu, acho que vendo este filme dele mais velho vocês perceberão o talento desse cara.

Faça login para comentar.