Saltar para o conteúdo

Notas e Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

Comentários (4)

Prêmio BRAZINTERMA | quinta-feira, 03 de Outubro de 2019 - 08:48

Coringa é o Nasce Uma Estrela de 2019. É aquele tipo de filme desde o anúncio de sua produção ninguém pediu e também não dava pra esperar muita coisa. Mas quando a obra é exibida em festivais e recebe suas primeiras críticas aí o jogo muda. Eu amo esse tipo de sensação-surpresa.

Daniel de Paula | sábado, 12 de Outubro de 2019 - 00:05

Não é raro que dentro de um comediante, exista uma alma depressiva e solitária, de modo que observamos ser relativamente comum que comediantes cheguem até mesmo a colocar um fim em suas vidas. Talvez, possamos entender, com isso, que a comédia se apresenta como uma maneira de lidar com as frustrações inerentes à vida. Este "drama do palhaço triste" é muito bem explorado no filme, que conta a história de um palhaço doente, solitário e rejeitado, cuja maior aspiração era fazer outras pessoas rirem, ser levado a se tornar um assassino, em um primeiro momento para se defender, mas a partir de então, para seu próprio prazer. Como um veterano diretor de comédias, Todd Phillips é um conhecedor desta curiosa ligação entre comédia e tragédia, e dirigiu esta obra com maestria. E ironicamente, como o personagem interpretado por Phoenix, Phillips encontrou seu auge na tragédia, e não na comédia.

Mancha_ | segunda-feira, 14 de Outubro de 2019 - 11:45

Bem colocado, a dicotomia Tragédia/Comédia soa orgânica tanto no filme, quanto ao repassar a Filmografia de Philips e, ainda, se fores contrastar o debute inicial dele em "Hated" (1994) com esse último "Joker" (2019), percebe-se o mesmo desejo em retratar um "marginalizado", sem falso moralismo ou receio em passear na zona mais cinzenta do retratado, evidenciando a "sujeira" do entorno no processo.

Meu Nome é Anonymous | terça-feira, 15 de Outubro de 2019 - 20:00

15/10/2019 - Terça feira
Só estou escrevendo este comentário como registro histórico quando "Coringa" entrou para história nas listas dos grandes filmes de todos tempos. No IMDB na 12ª posição (https://www.imdb.com/chart/top?ref_=nv_mv_250) e até no próprio Cineplayers tanto TOP 100 CINEPLAYERS (na 49ª posição) e quanto
TOP 300 USUÁRIOS (na 58ª posição).

PS: outras obras primas de 2019 que também entraram nestas listas são: Ad Astra do James Gray (na 77° no TOP 100 CINEPLAYERS) e Parasite do Joon-ho Bong (na 59° no TOP 300 USUÁRIOS).

Júlio César Filho | sábado, 19 de Outubro de 2019 - 17:48

Jared Leto ficou tão puto com o projeto do Coringa de Todd Phillips q usou toda sua influência para tentar matar o filme no alto escalão da Warner. O estúdio, por sua vez, deu sinal verde pra produção, mas com orçamento baixo de US$ 55 milhões, esperando fazer Phillips desistir.

Faça login para comentar.