Saltar para o conteúdo
8,8
Média
99 votos
?
Sua nota
Direção
Martin Scorsese
Roteiro:
Charles Brandt (livro), Steven Zaillian
Gênero:
Biografia, Drama, Policial
Origem:
Estados Unidos
Estreia:
14/11/2019
Duração:
210 minutos

Notas e Lupas

Faça login para dar uma nota e uma lupa.

Comentários (6)

CitizenKadu | quinta-feira, 08 de Agosto de 2019 - 21:46

Cara, eu sugiro que permaneça o cenário....e vcs são muito comunicativos; mesmo com o olhar de Capitu do Brum.kkkkkk
E Cunha, com todo o respeito, tu é tão nerd que eu acho que te conheço...mas eu devo ter te confundido com um dos meus amigos.hahahahah
Excelente iniciativa.

Josiel Oliveira | quarta-feira, 04 de Dezembro de 2019 - 21:01

Fala galera, eu percebi que o Scorsese fez um fanservice bacana na trilha desse filme. Praqueles fãs pesados q acompanham o seu trabalho p/além dos seus filmes. Logo nos primeiros minutos eu já peguei três referências:

1 - aos 8:15 toca um som do Smiley Lewis que tá na coletânea dele de Blues (que aliás é muito foda, os vol 3 e 4, foi minha introdução quando comecei a aprofundar no blues)
https://www.youtube.com/watch?v=pIjDUIFORlw
http://www.theblues-thatjazz.com/en/blues/872-martinscorsese/2274-scorseseblues3.html

2 - aos 15:31 ele coloca um som latino de um filme italiano chamado Anna, é de uma cena que aparece em Cinema Paradiso e acho que aparece também num doc do Scorsese de cinema.
https://www.youtube.com/watch?v=qZqB2CczTes

3 - logo depois aos 17:08 começa uma música com as primeiras notas do tema de O Poderoso Chefão numa clara referência.

E alguém mais chegou a pegar mais referências na trilha?
Manda aí que eu curto o tema e achei essa trilha finíssima!

Carlos Eduardo | sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019 - 23:04

Al di lá, de Candelabro Italiano também está presente na trilha.

CitizenKadu | sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019 - 21:01

O interessante desse filme é tu sacrificar um amigo, por que o cara com que tu "discorda" faz parte de sua gang. Isso é muito comum hoje em dia. Sacrificar um amigo inocente, deixar ele na ilusão e ficar do lado dos wiseguys.Muito comum mesmo; tão comum que não sei como certas pessoas dormem a noite.

CitizenKadu | sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019 - 21:16

E também é interessante a cumplicidade com criminosos(afinal eles fazem um ótimo trabalho para você) inquebrável, independente da ética e da moral.E quem tinha ética e moral, ao se associar com essa gente, perde toda a envergadura e a única ideologia é "ignorar fatos".

Faça login para comentar.