Saltar para o conteúdo

Cineplayers Cast

#94 - Forrest Gump - O Contador de Histórias

Forrest Gump - O Contador de Histórias foi moda ali pela metade dos anos 90 por contar a história americana com um personagem carismático e um filme divertido e emocionante ao mesmo tempo.

Rodrigo Cunha, Bernardo Brum e Régis Trigo juntam-se para comemorar os 25 anos da obra e revisitá-la: por que acabou se tornando um filme tão criticado? Mereceu o Oscar? O que faz de Forrest Gump tão especial? E seus efeitos visuais? É tão querido quanto outros filmes do seu ano, como Pulp Fiction e Um Sonho de Liberdade?

É hora de aproveitar a trilha sonora espetacular do filme e embarcar em mais um Cineplayers Cast!


SPOILERS QUE DEIXARIAM ATÉ GUMP BOLADÃO


Duração: 86 minutos

Edição: Edu Aurrai

Comentários (3)

Prêmio BRAZINTERMA | segunda-feira, 05 de Agosto de 2019 - 20:09

Pra mim Forrest Gump é o melhor vencedor do Oscar "OK" de todos tempos. Mas o que é vencedor do Oscar "OK"? É a obra que ganhou Oscar de melhor filme na qual não chega a ser o melhor da temporada de prêmios e nem é o melhor do ano; Pulp Fiction e Um Sonho de Liberdade ainda superam; mas não chega a ser ruim e nem tem como coloca-lo como injustiça da Academia.

De fato 25 anos depois do seu lançamento Forrest Gump envelheceu bem e continua sendo um filme gostoso de rever.

Araquem da Rocha | domingo, 11 de Agosto de 2019 - 04:14

Era o cast que eu mais esperava, por ser meu filme favorito.
Não acho obra-prima e sei que é filme pra americano. Mas é belo, lírico.... E especial pra mim. ❤
Os momentos dele com a Jenny são bem emocionantes e que eu mais gosto.
O Régis disse bem, o filme é uma fábula, e lembro que na época ele foi comparado (ou uma mistura) com Muito Além do Jardim e Zelig.

VALEU CINEPLAYERS!

Carlos Eduardo | terça-feira, 13 de Agosto de 2019 - 01:32

É sempre bom ter cuidado ao desmerecer um filme só porque este venceu o Oscar de Melhor Filme contra candidatos melhores. Primeiro porque o Oscar embora divertido não deve ser parâmetro de qualidade pra cinéfilo nenhum. Segundo porque o filme em si nada tem a ver com isso. Esse hábito de execrar filmes que vencem o prêmio principal concorrendo contra obras muito superiores está nos fazendo subestimar grandes películas como Green Book, Spotlight, O Artista e indo mais pra trás, Forrest Gump. Gostei muito do cast pessoal.

Faça login para comentar.